André Gunthert aborda a experiência da fotografia contemporânea e propõe uma análise das singularidades

© Leandro Pimentel

Com o trabalho intitulado “Fotografia e experiência: Por uma análise das singularidades”, o professor pesquisador da École des hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) de Paris, André Gunthert,  descreveu no primeiro dia do Seminário Internacional Fotografia e Experiência o papel e as funções sociais da fotografia no cenário das novas tecnologias, estas responsáveis por transformações profundas na relação entre a teoria e a prática fotográfica na contemporaneidade. Nesse contexto, o digital teria o mérito de desfazer a disjunção moderna entre as narrativas da história da fotografia e a prática fotográfica, reconstruindo nossa experiência com a fotografia e permitindo reinterpretar os seus usos.

Após vinte anos de revolução digital, é possível perceber tanto a ruína da indicialidade, que vem desconstruindo a confiança na verdade das imagens, quanto uma continuidade fluida das formas e práticas fotográficas, o que parece ainda manter a sua credibilidade, independente de ser analógica ou digital.  Para André, esta mudança sutil pode ser abordada por uma verificação pragmática da experiência fotográfica, compreendida de maneira ampla, que vai da percepção à ação e que recobre um espectro de interações com o mundo que o indivíduo pode apreender de maneira passiva ou ativa, em usos profissionais e privados.

Gunthert desenvolveu  sua conferência a partir de seis níveis que passam pela localização da imagem no cenário digital a partir da redefinição da experiência da fotografia em suas etapas de produção, seleção, documentação, difusão, consumo, reação, conservação e reutilização das imagens.

Na produção fotográfica, o professor enfatizou o evento que tende a se organizar em torno do ato de fotografar/filmar, que ressalta uma mobilização de atenção e manifestação de interesse, complementares à mobilização técnica do registro visual. Esta avalanche de atenção caracteriza o evento fotográfico marcado pela atratividade percebida na multiplicação de câmeras profissionais e amadoras.

Do ponto de vista da difusão, Gunthert atenta para o montante de imagens arquivadas em plataformas como Flickr e Facebook, sendo esta última o maior arquivo fotográfico que temos hoje.  Tais mídias permitem uma prática de interação e conversação, que evidenciam uma mobilização com as imagens, e não apenas sobre elas, nesta experiência de “fotografar para compartilhar”, que pressupõe um tipo específico de uso desde o momento da tomada.

Gráfico ilustrativo da dimensão quantitativa de arquivos fotográficos

A difusão, reação e consumo fotográficos também foram discutidos diante de novos usos de mobilização política, a exemplo das reapropriações de imagens eleitorais. O pesquisador citou o caso da campanha de Nicolas Sarkosy, La France forte, que foi rapidamente desviada do seu sentido para dar lugar a uma série de manipulações que ganharam maior repercussão que a própria imagem original.

Print screen da página do Google Imagens, resultado da busca pela expressão “La France forte”

André Gunthert enfatizou que pensar a fotografia a partir da noção de experiência nos permite fazer a passagem da generalidade à singularidade. André relembrou ainda o trabalho do antropólogo e sociólogo canadense Erving Goffmann, que estudou com bastante atenção e perspicácia os comportamentos mais banais do dia-a-dia e que nos proporcionou descobrir a complexidade da construção das menores formas sociais. Para Gunthert, podemos nos servir desta guia para renovar a análise da fotografia como mediadora de relações sociais. Se a fotografia é um fato social, então, ela nos permite retornar à escala da singularidade, à riqueza e à espessura da experiência, para perceber o que nós jamais nos dignaríamos a olhar.

Teresa Bastos e Jane Maciel

Anúncios

2 respostas em “André Gunthert aborda a experiência da fotografia contemporânea e propõe uma análise das singularidades

  1. Pingback: Interventions 2011-2012 | L'Atelier des icônes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s